Morreram os quatro mineiros desaparecidos desde sexta-feira na África do Sul

08 Dez 2019 / 09:40 H.

Quatro mineiros dados como desaparecidos desde sexta-feira numa mina de ouro na África do Sul na sequência de um mini-sismo morreram, anunciou hoje um sindicato.

“Os quatro mineiros foram encontrados mortos”, segundo um comunicado do sindicato nacional dos mineiros (Num).

Os mineiros estavam dados como desaparecidos na mina de Tau Lekos em Orkney, norte do país.

A esperança de os encontrar vivos a mais de um quilómetro de profundidade era muito fraca. As equipas de socorro tinham perdido qualquer contacto com os mineiros desaparecidos desde sábado de manhã, quando um dos mineiros explicou que estavam a sufocar.

Uma quinta pessoa gravemente ferida no deslizamento subterrâneo foi resgatada na sexta-feira e atualmente está hospitalizada.

Os acidentes mineiros são frequentes na África do Sul, onde se localizam as minas com maior profundidade do mundo.

Em 2018, 81 pessoas morreram em minas do país, segundo o Ministério das Minas sul-africano.