Ricardo Franco afirma que se fez justiça

Autarca diz que o bispo do Funchal será muito bem recebido na Paróquia da Ribeira Seca, no próximo dia 14 de Julho

16 Jun 2019 / 21:28 H.

Ricardo Franco mostrava-se satisfeito com o anúncio do levantamento da suspensão do Padre Martins Júnior. “Finalmente houve um bispo que tomou a decisão de resolver esta questão, uma questão com mais de 40 anos que era uma vergonha até para a própria igreja. Acho que se fez justiça!”.

O presidente da Câmara de Machico recordou que Martins Júnior foi suspenso pelo Bispo D. Francisco Santana por uma questão política “ e agora é retirada a suspensão com motivos religiosos. E assim é que deve ser”.

Ricardo Franco disse estar, acima de tudo, “muito contente” pelo padre Martins Júnior, “porque é uma pessoa de princípios, uma pessoas que sempre se bateu pela justiça, pelas causas, sempre do lado do povo. E quem tem esta postura ao longo da vida, não merece outro tipo de atitude por parte do senhor bispo, que não esta”. “Penso que o povo de Machico também tem este sentimento”, acrescentou.

O autarca disse ainda que quando D. Nuno Brás for à Ribeira Seca a 14 de Julho, como anunciado esta noite, “será muito bem recebido”. “Penso com esta decisão, marca de forma bastante vincada aquilo que será o seu mandato como bispo da Diocese do Funchal, com uma personalidade forte e um forte sentido de justiça”.