Ponta do Sol pronuncia-se hoje sobre avanço da piscicultura no concelho

24 Jan 2020 / 09:20 H.

A Câmara Municipal da Ponta do Sol convocou a comunicação social para uma conferência, que decorrerá, pelas 11 horas desta sexta-feira, 24 de Janeiro, na Avenida 1.º de Maio. Na ocasião, a presidente da autarquia, Célia Pessegueiro, irá pronunciar-se sobre avanço da piscicultura no concelho.

Recorde-se que a polémica em torno da piscicultura dividiu os deputados no debate do ORAM2020, com o secretário regional do Mar e das Pescas, a desafiar o PS a dizer “o que quer em relação à aquacultura”.

“O PS tem de dizer o que quer, se está contra ou a favor da aquacultura”, afirmou Teófilo Cunha em resposta ao deputado socialista Carlos Coelho, que alegou que a população da Ponta do Sol e de toda a costa Oeste “não quer mais gaiolas de aquacultura”.

Também Nuno Maciel, do PSD, recordou as acções de campanha do PS, sobre a economia do mar, o mesmo partido que agora contesta esta actividade.

Teófilo Cunha apresentou números que mostram o grande crescimento mundial da produção de peixe em aquacultura e lembrou que a Madeira começou “há 20 anos” e a investigação científica “veio das razão”. O secretário comparou ainda a produção de peixe em aquacultura com a de frangos em aviários e assegurou que, no caso da Calheta, a exploração vai manter-se em 10 jaulas.

Na Madeira, a aquacultura representa 5,1 milhões de euros.