Parceiros do SMILE acertam ideias

O ‘SMart IsLand Energy Systems’ (sistemas de energia inteligente em ilhas) procura introduzir modelos de produção e consumo alternativos na vida dos cidadãos

07 Fev 2019 / 12:11 H.

A Madeira tem em andamento cinco projectos-piloto incluídos no projecto SMILE, que é co-financiado pela Comissão Europeia em 2,4 milhões de euros, a que se juntam outros em desenvolvimento pelas duas ilhas parceiras, Orkneys na Escócia e Samsø na Dinamarca. Hoje e amanhã as 19 entidades envolvidas, entre as quais da Madeira a ACIF-CCIM, EEM, M-ITI e a PRSMA, juntam-se para acertar ideias.

Do que já foi desenvolvido desde o início - a última reunião fora realizada em Junho do ano passado em Génova, Itália - e do que falta fazer até ao final daqui por menos de dois anos e meio (meados de 2021), os parceiros do ‘SMart IsLand Energy Systems’ (sistemas de energia inteligente em ilhas), surgirão projectos para partilhar com soluções inovadoras, tecnológicas e não tecnológicas para aplicação em redes eléctricas inteligentes e a sua introdução no mercado.

Pelo lado da Madeira, Marco Vieira, responsável da ACIF neste projecto, frisa que os cinco projectos-piloto que os parceiros regionais estão a projectar passam pelo fotovoltaico (2), onde tentam utilizar de forma mais eficiente a produção de energia criada por essa origem; pelas viaturas eléctricas (2) para obter carregamentos mais inteligentes das baterias; e ainda um ramal para que a quebra de produção não tenha efeitos na distribuição de energia eléctrica e afecte o consumo.

Já o presidente da associação empresarial, Jorge Veiga França lembrou que será importante também para as empresas que este tipo de soluções tenha resultados e seja introduzido na sociedade, nomeadamente para as empresas dado que a factura da energia é uma das mais relevantes nas contas.

Os trabalhos desta 4.ª reunião SMILE irão decorrer até amanhã à tarde numa unidade hoteleira do Funchal.

Outras Notícias