“Os assuntos internos do Partido devem ser tratados, precisamente, dentro de casa e não na praça pública”

José Prada, secretário-geral do PSD/M sobre a polémica na Concelhia de Santa Cruz

10 Nov 2019 / 16:23 H.

A cúpula do PSD Madeira opta por não comentar a polémica instalada na Concelhia do Partido em Santa Cruz por causa da posição – votos a favor das propostas do JPP para o encerramento da Feira do Santo da Serra e início do processo de expropriação da Quinta Escuna – assumida pelo seu vereador, Arlindo Gouveia.

“Não confirmo nem desminto”, foi a resposta do secretário-geral do PSD/M, José Prada, ao caso que opõe o PSD Santa Cruz ao seu vereador, para de imediato reiterar que “os assuntos internos do Partido devem ser tratados, precisamente, dentro de casa e não na praça pública”. E mais não disse.

Recorde-se que o DIÁRIO dá hoje conta da tensão vivida na última reunião da concelhia que procurou ‘encostar à parede’ o autarca social-democrata, que está a ser fortemente pressionado para suspender ou renunciar ao mandato, ou, numa derradeira alternativa, mudar a sua estratégia política que não coincide minimamente com a linha da estrutura concelhia que não se revê nas várias posições públicas que Arlindo Gouveia tem tomado.

Outras Notícias