Médicos luso-venezuelanos apelam ao reconhecimento das suas habilitações em Portugal

Neste momento, decorre uma petição online, apelando a esse reconhecimento

20 Jan 2020 / 09:53 H.

Os médicos portugueses formados na Venezuela deparam-se com sucessivos obstáculos no reconhecimento das suas habilitações e, por isso, decorre uma petição online que visa dar voz a estes profissionais, apelando a esse reconhecimento ao Estado Português.

De acordo com Christian Alexander De Jesus De Abreu Correia, porta-voz dos médicos, são cerca de 100 os profissionais da medicina que, desde há muito tempo, pretendem o reconhecimento das suas habilitações a fim de exercer medicina em Portugal, sem sucesso. Na Madeira, há pelo menos 10 médicos luso-venezuelanos nesta situação.