Médico Mário Rodrigues mantém funções no Gabinete de Pedro Ramos

19 Nov 2019 / 11:51 H.

Primeiro foi com João Faria Nunes e depois com Pedro Ramos. O médico Mário Rodrigues foi reconduzido nas “funções de assessoria especializada” do Gabinete do secretário da Saúde “nas matérias atinentes ao Sistema Regional de Saúde e no âmbito do apoio à construção do Novo Hospital Central da Madeira”.

O reumatologista e antigo presidente do Conselho de Administração do SESARAM desempenhou funções semelhantes no manado anterior de Pedro Ramos e no de João Faria Nunes.

Como até agora, Mário Rodrigues não vai receber qualquer vencimento pela Secretaria, apenas o que o SESARAM lhe paga pelas funções desempenhadas para esta entidade.

O despacho de nomeação esclarece que o assessor está autorizado ao “exercício das seguintes funções: a) As correspondentes à sua carreira e categoria como Médico Especialista de Reumatologia no SESARAM, E.P.E., bem como medicina convencionada, b) Diretor de Serviços de Reumatologia do Hospital Central do Funchal; c) Presidente da Associação de Socorros Mútuos 4 de Setembro 1862; d) Vogal do Colégio da Especialidade de Reumatologia da Ordem dos Médicos; e) Membro da Sociedade Portuguesa de Reumatologia, cofundador da Sociedade Portuguesa de Doenças Ósseas Metabólicas, membro da Sociedade Portuguesa de Hemorreologia e Microcirculação, da New York Academy of Sciences, da Sociedade IberoAmericana de Osteologia Y Metabolismo Mineral, do Comité IberoAmericano de Reumatologia, da Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas, cofundador da Associação Médica Lusófona e IberoAmericana.”

Tópicos

Outras Notícias