Madeirenses estão a recorrer menos ao aborto

22 Set 2019 / 01:06 H.

No primeiro semestre deste ano, o SESARAM registou uma redução de 4% nas interrupções voluntárias da gravidez. Foram 109 abortos em seis meses e a maioria destas mulheres não têm filhos e são trabalhadoras não qualificadas residentes no Funchal. O tema constitui a manchete da edição deste domingo do DIÁRIO.

A foto em maior destaque na primeira página ilustra o último dia da Moda Madeira. Criatividade e inovação coroaram a edição de 2019 deste evento que, ao longo de duas noites, juntou 18 marcas regionais, nacionais e internacionais.

Também nesta edição fique a saber que há 132 madeirenses recusam doar órgãos, como é que o Nacional bateu o Penafiel por 2-1 e mantém-se invicto na II Liga, a vitória que Cristiano Ronaldo ofereceu à Juventus, todos os pormenores sobre as eleições regionais a que hoje são chamados mais de 257 mil madeirenses e ainda porque é que o mês de Agosto foi fraco nos contratos públicos.

Outras Notícias