Já foi lançada uma petição pública contra “a asfaltagem e betonagem do troço das Ginjas”

05 Set 2019 / 12:38 H.

‘Pela protecção da Floresta Laurissilva - Contra a asfaltagem e betonagem do troço das Ginjas ao Paul da Serra (Estanquinhos)’. É este o título da petição pública lançada na Internet contra a intenção do Governo Regional construir uma ligação rodoviária entre São Vicente e o Paul da Serra e que já conta com mais de 800 assinaturas.

“A Laurissilva é, acima de tudo, um monumento da Natureza, um lugar sublime de supremo gozo e contemplação, uma vida multifacetada activa e milenária que se oferece à ciência e à cultura de toda a Humanidade, uma fonte inesgotável de bens para a ilha que com ela respira e que merece, por isso, todo o respeito. Espera-se dos responsáveis que a gerem, mais do que serem guardiães e valorosos, que sejam também devotos convictos, defensores acérrimos e inteligentes e permanentemente dispostos a fazer pedagogia sobre o inestimável valor do património por que velam”, pode ler-se na publicação.

Este é um tema que faz manchete na edição desta quinta-feira no DIÁRIO: “Estrada nas Ginjas é uma auto-estrada na Amazónia”. A declaração de Miguel Sequeira, ex-director regional das Florestas, considera a decisão do Governo Regional uma “teimosia” que vai prejudicar a Laurissilva. Um assunto que pode ler, na íntegra e em exclusivo, em duas páginas no Fact-Check desta semana do DIÁRIO.