Comissão Europeia questionada por deputados do PSD sobre a suspensão da TAP na Venezuela

20 Fev 2020 / 19:51 H.

Os Deputados do PSD no Parlamento Europeu questionaram, hoje, o vice-presidente da Comissão/Alto Representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, Josep Borrel, sobre a suspensão, por 90 dias, das operações da companhia aérea TAP na Venezuela.

De acordo Cláudia Monteiro de Aguiar, citada pelo partido, a suspensão “é inaceitável, assim como é inaceitável a inacção do Governo Socialista Português, face a uma manobra política do Governo e do Regime ditatorial de Nicolas Maduro perante a União Europeia, que, na pessoa do Alto Representante, já devia ter-se pronunciado face a este abuso de poder”.

A deputada alertou, ainda e a este propósito, para a necessidade de se garantir “a segurança dos cidadãos portugueses e luso-descendentes que vivem na Venezuela”. “Refira-se que esta missiva surge na sequência da intervenção do Deputado do PSD, Paulo Rangel, na reunião da Comissão dos Assuntos Externos do Parlamento Europeu e da resposta ambígua da representante do Serviço de Acção Externa, Véronique Lorenzo”, explica o PSD-Madeira.