CDS fala em “imbróglio” nos Bombeiros Sapadores

13 Dez 2018 / 16:44 H.

O Funchal tem um corpo de bombeiros sapadores composto por bombeiros municipais. Um problema que o vereador do CDS-PP na Câmara do Funchal, Luís Miguel Rosa, abordou esta quinta-feira na reunião do executivo. “Não existe na Região qualquer bombeiro sapador, não há sequer maneira de o fazer nesta fase”, sintetizou o autarca, salientando que existem “bombeiros municipais travestidos de sapadores”.

As alterações à lei estão em curso na Assembleia da República e Luís Miguel Rosa recorda as manifestações que têm ocorrido em Lisboa, assim como a polémica acesa entre bombeiros e o ministro da Administração Interna. “Do resultado dessas alterações nascerá a nova carreira de sapador e só depois disso a CMF terá lastro legal para criar o seu corpo de bombeiros sapadores”, frisa o deputado apontando como problema o facto de não se prever uma resolução em 2019 nem nos próximos anos.

Noutra matéria, a aprovação de um voto de protesto contra uma alteração à Lei de Finanças Regionais, uma Resolução do PSD, aprovada na ALM, para que o IRS a que as autarquias têm direito na Região, passe a ser atribuído pelo Governo Regional, mereceu do CDS uma atitude de “ponderação”.

Outras Notícias