Câmara responde a “acusação infundada da CDU”

09 Nov 2019 / 17:38 H.

Face à notícia veiculada na comunicação social que dá conta de alegadas irregularidades com o licenciamento de construção de uma habitação na freguesia da Ribeira Brava, acusando de forma infundada esta autarquia de pactuar com “um grave processo de corrupção” conforme é citado no comunicado publicado, esta tem a referir o seguinte:

A passagem da levada está classificada como serventia de passagem de domínio particular, são lamentáveis as declarações proferidas por Edgar Silva, pondo em causa a idoneidade da autarquia, dos seus colaboradores e dirigentes, há valores fundamentais e orgulho no trabalho desenvolvido em prol da população, não vale tudo na política.

Por este motivo, esta autarquia expõe que tal situação é do foro particular, relacionada com a gestão das águas que serve os regantes, deve resultar de uma negociação entre os proprietários da habitação em construção, devidamente licenciada, com os proprietários dos referidos terrenos e em sede própria, neste caso com recurso aos tribunais.

A edilidade está, contudo, atenta a esta situação por forma a mediar, na medida do possível, o melhor desfecho para todos os envolvidos, considerando essa a postura correta e além de interesses de mera propaganda partidária.

Outras Notícias