Bairro da Argentina-Pontassolense não se realizou devido à falta de policiamento

24 Mar 2019 / 18:19 H.

O embate entre o Bairro da Argentina e o Pontassolense, da 17.ª jornada da Divisão de Honra, que estava marcado para esta tarde, não se realizou, “devido à falta de policiamento no recinto de jogo”, informou a equipa da casa, através de comunicado, explicando que “a equipa de arbitragem decidiu não realizar a partida, por entender não estarem reunidas todas as condições de segurança”.

Segundo o clube câmara-lobenses, “a PSP não compareceu no recinto desportivo, uma vez que o Bairro da Argentina não efectuou o pagamento dos respectivos honorários, porque atingiu o limite no que concerne a matéria financeira”. O sucedido, acusa o clube, é da responsabilidade do Governo Regional. “Os sucessivos atrasos no cumprimento dos acordos protocolados com esta colectividade, levaram ao actual ponto de ruptura financeiro. A presente época desportiva iniciou-se em finais do mês de Agosto e chegados que estamos ao final do mês de Março foi apenas assegurado metade do valor previsto para as deslocações (cerca de 500 euros).

Perante esta situação, o Bairro da Argentina justificou-se com a “impossibilitada de cumprir todas as suas obrigações financeiras correntes, sendo uma delas a PSP”, realçando também que “os factos sucedidos derivam do estrangulamento financeiro a que esta colectividade tem estado sujeita”.