Polícia Marítima portuguesa resgata 25 migrantes na Grécia

13 Fev 2019 / 11:30 H.

A equipa da Polícia Marítima portuguesa, em missão na ilha grega de Lesbos, resgatou na noite de ontem 25 migrantes que se encontravam a bordo de um bote, na Grécia.

Entre os migrantes contavam-se 13 crianças, cinco mulheres e sete homens, todos afegãos.

​O bote foi detectado pela equipa da Viatura de Vigilância Costeira da Polícia Marítima, pelas 21h10, que passou as coordenadas para a equipa a bordo da embarcação ‘TEJO’, tendo esta efectuado a intercepção do bote pelas 21h27.

O bote foi depois rebocado pela embarcação da Polícia Marítima para o porto de Skala Skamineas, onde os migrantes desembarcaram em segurança e foram entregues às autoridades gregas.

Terminada a patrulha, pelas 4 horas de hoje, já no seu período de descanso, a equipa da Polícia Marítima, a pedido das autoridades gregas e da Frontex, encontra-se a efectuar novas buscas, estando empenhadas as duas embarcações e a Viatura de Vigilância Costeira da Polícia Marítima.

A Polícia Marítima encontra-se integrada na operação POSEIDON, o sob égide da agência europeia FRONTEX e em apoio à Guarda Costeira grega, com o objectivo de controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da União Europeia, no combate ao crime transfronteiriço, no âmbito das funções de guarda costeira europeia.

Outras Notícias