Ponta do Sol mantém viva tradição com espectáculo de reis no sábado

01 Jan 2020 / 16:43 H.

O espectáculo de Reis na Vila da Ponta do Sol -- que começou há 15 anos (em 2005) no Centro Cultural John dos Passos -- está de regresso, no próximo sábado, dia 4 de Janeiro, para manter viva a tradição.

Assim, a partir das 21 horas, junto ao presépio da Avenida do Mar, irão actuar: as crianças da Escolinha de Folclore do Grupo Ponta do Sol, o Grupo de Folclore de Ponta do Sol, a Tuna do Carvalhal e Carreira – Escola do 1º Ciclo do Carvalhal, o Grupo Coral da Casa do Povo de Ponta do Sol, o Grupo “Seca Pipas”, o Grupo de Pastores do Monte de Ponta do Sol e o Grupo de Folclore da Casa do Povo da Camacha.

Para além dos cantares de reis, terão lugar os ‘cantares ao Menino Jesus’, através das romagens e de outras ‘cantigas de Natal’.

O presidente do Grupo de Folclore de Ponta do Sol -- entidade responsável pela organização do espectáculo, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Ponta do Sol -- realça que um dos principais objectivos deste evento é “divulgar a riqueza e diversidade dos cantares de reis existentes na Ponta do Sol em particular e nos diversos concelhos da Madeira”.

António Vale nota que nos últimos anos, tem existido um crescimento do número de grupos a ‘cantar os reis’ de porta em porta, que se juntam normalmente do dia 5 para o dia 6 de Janeiro para visitar as casas de amigos, vizinhos e familiares, percorrendo os diversos sítios da vila até o amanhecer.

Os donos das casas, por seu turno, presenteiam os visitantes com a gastronomia típica do Natal (licores, pão caseiro com carne de vinha d’alhos, bolo de noiva, doces diversos, torresmos e, por vezes canja ou açorda quando a noite já vai longa).

A ‘Festa’ bem típica madeirense prossegue assim até Santo Amaro (comemorado a 15 de Janeiro).