Artista madeirense premiado na Bienal Britânica

25 Jan 2020 / 10:46 H.

O artista madeirense, Toni de Jesus, participou na Bienal de Cerâmica Britânica e foi um dos quatro premiados.

Toni de Jesus, natural do concelho da Calheta, foi o único português contemplado a participar na exposição mais emblemática de cerâmica de jovens artistas que decorreu no Reino Unido entre os dias 7 de setembro e 13 de outubro.

Em 2018, o artista foi figura de destaque na revista conceituada da universidade de Cardiff e recentemente foi selecionado como um dos vinte e um mais conceituados artistas da nova geração de talentos cerâmicos no Reino Unido.

A participação na British Ceramics Biennial valeu um prémio com a atribuição de uma residência artística durante um mês, no próximo verão, na Dinamarca no Centro Internacional de Cerâmica Guldagergaard. Este local é centro de uma das residências de praticas de instruções de cerâmica em que o artista terá acesso a estúdios maravilhosamente equipados, que incluem instalações de gesso, impressão em 3D, construção manual, instalações de queima gás, eletricidade e de madeira.

Para além desta experiência que o artista terá na Dinamarca, o prémio ganho contempla a fazer uma exposição na famosa Apple House Gallery de Guldagergaard.

O artista Toni de Jesus frequentou os primeiro e segundo ciclos na escola Francisco Barreto, na freguesia da Fajã da Ovelha e depois formou-se em artes com uma especialidade em cerâmica na Cardiff Metropolitan University no Reino Unido.