Acções de promoção da moda nacional no estrangeiro nos próximos meses

18 Jan 2019 / 04:42 H.

A Associação ModaLisboa vai realizar, nos próximos meses, em vários países, ações de promoção e divulgação do trabalho dos designers de moda e marcas que participam na ModaLisboa, anunciou hoje aquela estrutura.

Estas ações de promoção e divulgação, que começaram esta semana, com a participação de Gonçalo Peixoto e da Näz no ‘showroom’ United Fashion da Premium Exhibition Trade Fair, que acontece durante a Semana da Moda de Berlim, realizam-se “no âmbito do plano de internacionalização da moda portuguesa” da Associação ModaLisboa, refere aquela organização num comunicado hoje divulgado.

Em março, será a vez de Cristina Real apresentar uma coleção na Fashion Weekend Skopje (Fim-de-Semana da Moda de Escópia), na Macedónia.

Estas duas ações, em Berlim e em Escópia, decorrem no âmbito do United Fashion EU, “um projeto de intercâmbio entre sete países da União Europeia e os seus especialistas em moda”.

Até 2021, designers dos países que fazem parte do projeto serão convidados a apresentar o seu trabalho em Lille (setembro de 2019), Lisboa (março de 2020), Antuérpia (novembro de 2020), Bruxelas (março de 2021) e Londres (junho de 2021).

Este projeto “tem como objetivo a promoção da criatividade, da inovação e do empreendedorismo dos designers de moda europeus, assim como o aumento das suas oportunidades de negócio”.

No âmbito do protocolo de colaboração assinado em setembro pela Associação ModaLisboa, que organiza a ModaLisnoa, e a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), responsável pelo Portugal Fashion, “três marcas que integram a Lisboa Fashion Week estarão presentes, na estação Outono/Inverno 18/19, nas semanas de moda de Milão, Itália e Paris”.

Assim, entre a partir de sexta-feira e até 23 de janeiro, a Ernest W Baker vai estar no showroom Nana Suzuki, em Paris, de 22 a 25 de fevereiro, Gonçalo Peixoto participa na White Milano, em Milão, e, de 27 de fevereiro a 06 de março, Ricardo Andrez irá estar presente no 3RdEye showroom, em Paris.

“A ModaLisboa tem promovido a internacionalização dos seus criadores através da viabilização de parcerias e ações concertadas com outras organizações, mas continua a aguardar o apoio ao desenvolvimento da sua própria estratégia de internacionalização”, refere a Associação ModaLisboa, recordando que, “nesse sentido tem promovido várias ações de ‘mentoria’ e preparação para os mercados internacionais através de formações com consultores externos e com a participação da ‘startup’ de Lisboa”.

No dia 11 de setembro, a Associação ModaLisboa, que organiza a ModaLisboa, e a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), responsável pelo Portugal Fashion, assinaram um protocolo de colaboração que prevê uma nova semana da moda portuguesa.

A versão ‘beta’ dessa semana de moda, uma espécie de estágio, realizou-se em outubro com a 51.ª edição da ModaLisboa, em Lisboa, e a 43.ª edição do Portugal Fashion, no Porto.

Sobre esta parceria, a diretora da Associação ModaLisboa Eduarda Abbondanza notou, em declarações à Lusa no final da 51.ª edição da ModaLisboa, que o protocolo já tinha permitido a internacionalização dos criadores Ricardo Andrez e Gonçalo Peixoto em Paris e Milão, respetivamente.

“Não é a solução para a nossa internacionalização, mas é uma porta para irmos estacando necessidades óbvias”, reconheceu a responsável, realçando a falta de apoios financeiros, nomeadamente comunitários, como tem a ANJE.

Outras Notícias