PJ deteve duas pessoas por cultivo ilícito de ‘cannabis’ no Ribatejo

08 Nov 2017 / 15:30 H.

A Polícia Judiciária deteve duas pessoas que se dedicavam ao cultivo ilícito de ‘cannabis’ no Ribatejo para posterior comercialização, visando o abastecimento do mercado clandestino daquele tipo de droga, indicou hoje a PJ.

As detenções foram feitas pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ no âmbito de uma investigação iniciada há cerca de cinco meses.

Em comunicado, a PJ adianta que as detenções ocorreram na sequência da realização de buscas nas residências dos suspeitos.

Segundo a PJ, durante as buscas foram apreendidas cerca de 3.300 gramas de folhas e sumidades de cannabis, devidamente embaladas e prontas para serem comercializadas, e uma arma de fogo.

Os detidos, com 27 e 55 anos de idade, já foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo um deles ficado em prisão preventiva e o outro sujeito a apresentações semanais no órgão de polícia criminal da área de residência.

Tópicos

Outras Notícias