MP acusa médico de violar leis da arte médica em intervenção cirúrgica

19 Mai 2017 / 18:52 H.

O Ministério Público acusou um médico de violar as leis da arte médica durante uma cirurgia oftalmológica realizada em 2009, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.

Segundo a acusação, numa intervenção cirúrgica oftalmológica realizada em 2009, o médico violou as “leges artis”, aumentando o risco de produção de lesões físicas à paciente, pois “o tratamento que efetuou à mesma, à luz dos ensinamentos da ciência médica contemporânea, não era o adequado ao tratamento do problema de saúde daquela”.

O arguido encontra-se sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

O inquérito foi dirigido pela 6ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.

Outras Notícias