Polícia detém 21 suspeitos em operação contra tráfico de pessoas no Reino Unido

06 Fev 2018 / 14:21 H.

A polícia britânica deteve 21 suspeitos de tráfico de pessoas que terão levado centenas de migrantes para o Reino Unido através do Canal da Mancha, anunciaram as autoridades.

As detenções ocorreram em Teeside, Hastings, Northumbria e Londres, depois de uma investigação que contou com a ajuda das autoridades de França, Bélgica e Holanda.

A Agência Nacional contra o Crime (NCA na sigla em inglês) referiu que esta foi uma das maiores operações em cinco anos e que contou com a participação 350 agentes.

Os imigrantes, na sua maioria iraquianos de origem curda, entraram no país com a ajuda de camionistas recrutados na zona de Teeside, no noroeste do Reino Unido, e no exterior.

“Acreditamos que identificámos e desmantelámos uma importante rede suspeita de tráfico de centenas de imigrantes para o Reino Unido e que planeava continuar a fazê-lo”, declarou o subdirector da NCA, Tom Dowdall, numa declaração aos meios de comunicação.

Aparentemente, cada pessoa que queria entrar ilegalmente no Reino Unido deveria pagar 11.400 euros aos traficantes para atravessar o Canal da Mancha.

A polícia deteve 16 pessoas no noroeste da Inglaterra, duas em Londres, duas no sul do país e uma em Northumbria, sob a suspeita de promover a imigração ilegal e branqueamento de capitais.