Número de veículos baixa devido a transporte partilhado e tecnologia

Mundo /
06 Fev 2018 / 15:51 H.

O número de veículos na Europa deverá diminuir dos atuais 280 para 200 milhões em 2030, face ao impacto do transporte partilhado e ao desenvolvimento tecnológico, segundo um relatório da consultora PWC divulgado hoje.

Nos Estados Unidos deverá haver uma redução de 22%, até aos 212 milhões de carros, segundo o relatório “eascy: electrified (electrificado), autonomous (autónomo), shared (partilhado), connected (conectado) e ‘yearly’ uptade (actualização anual)”.

Porém, esta transformação “drástica” não travará os incrementos nas vendas de veículos novos: na União Europeia (UE) vão crescer 34% (de 18 milhões para 24), nos Estados Unidos 20% (até aos 21,6 milhões) e na China 30% (até 35 milhões).

Estas subidas, que poderiam ser “contraditórias” com a esperada redução do número de veículos, são explicadas por um uso mais intensivo das viaturas, o que reduzirá substancialmente a sua vida média.

O aumento da população e uma maior procura de serviços de mobilidade vão provocar um aumento dos quilómetros percorridos por pessoa e por ano, que em 2030 crescerão em todo o mundo: na Europa 23%, nos Estados Unidos cerca de 24% e na China 183%.

Os quilómetros serão mais partilhados, segundo a consultora, que lembra que actualmente a partilha de transporte corresponde a 1% dos trajectos feitos por carro na Europa.

Essa percentagem poderá chegar em 2030 a 35% dos quilómetros percorridos na Europa, 34% nos Estados Unidos e 46% na China.

Outras Notícias