Monções fizeram quase 200 mortos na Índia este ano

Índia /
11 Jul 2018 / 15:51 H.

Pelo menos 15 pessoas morreram na Índia devido a enchentes e deslizamentos de terra, elevando para quase 200 o número de mortes relacionadas com as monções este ano, informaram hoje fontes oficiais indianas.

Os deslizamentos de terra mataram pelo menos nove pessoas em Manipur (nordeste), informou o chefe do governo do estado, Nongthombam Biren, numa mensagem na rede social Twitter.

Segundo a imprensa local, entre as vítimas estavam oito crianças, algumas delas de uma mesma família.

Outras seis pessoas morreram em enchentes e deslizamentos de terra em Uttarakhand, um estado no norte do país, segundo o responsável do departamento de emergência local, Piyush Kumar.

As monções, que duram de junho a setembro, são esperadas por milhões de agricultores indianos, mas deixam sempre um rasto de morte e destruição.

Desde maio, 34 pessoas morreram e quase 2 mil foram forçadas a fugir de suas casas em Assam, estado vizinho de Manipur.

Em Maharashtra (oeste), 62 pessoas morreram desde junho e cerca de 60 outras morreram em Kerala (sul), segundo autoridades locais.

As monções chegaram a Mumbai no fim de semana, causando inundações que interromperam o transporte e bloquearam milhares de pessoas.

A capital financeira do país tem sofrido inundações anuais, que foram particularmente mortais em 2005, quando mataram mais de 1 mil pessoas.

Outras Notícias