Macron anuncia venda de dois navios de guerra franceses aos Emirados

09 Nov 2017 / 18:31 H.

Os Emirados Árabes Unidos vão adquirir dois navios de guerra franceses, corvetas Gowind, anunciou hoje no Dubai o Presidente francês, Emmanuel Macron, sem fornecer mais detalhes sobre o acordo.

A aquisição destas duas corvetas, fabricadas pelo grupo francês Naval Group, foi divulgada no fim da visita de Macron a este país do Golfo Pérsico, aliado de França, durante a qual manteve conversações com o príncipe herdeiro de Abu Dhabi e vice-comandante das forças armadas dos Emirados Árabes Unidos, Mohammed bin Zayed al-Nahyan.

“Com o nosso parceiro industrial nos Emirados, ADSB, as conversações vão prosseguir com as Forças Armadas para finalizar o contrato desta aquisição”, indicou, por sua vez, o presidente executivo do Naval Group, Hervé Guillou, num comunicado.

“As corvetas Gowind são navios de guerra de última geração, já em serviço operacional, e são adaptadas às necessidades da Marinha dos Emirados Árabes Unidos”, acrescentou Guillou.

Vários grupos internacionais estavam a disputar o fornecimento de navios de guerra aos Emirados Árabes Unidos, como era o caso do italiano Fincantieri.

As corvetas Gowind são navios de alto mar vocacionados para missões de vigilância, mas também são utilizados em manobras contra submarinos ou na luta contra a pirataria.

Este reforço das capacidades militares dos Emirados Árabes Unidos surge num clima de crescente tensão com o Irão, o principal rival regional da Arábia Saudita, a líder das monarquias do Golfo.

Outras Notícias