Guterres preocupado com estabilidade do Líbano

06 Nov 2017 / 01:30 H.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, está “preocupado” com a demissão inesperada do primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, e apelou para a preservação das “instituições estatais” e da “estabilidade” do país, declarou o seu porta-voz no domingo.

“Ele espera que todas as partes concentrem os seus esforços na manutenção das instituições estáticas do Líbano, de acordo com a Constituição, e na preservação da segurança e da estabilidade do país”, disse Stéphane Dujarric, num comunicado.

As Nações Unidas, acrescentou, “continuam empenhadas no apoio à segurança, à soberania e à integridade territorial do Líbano”.

Saad Hariri anunciou a sua demissão no sábado, a partir de Riade, capital da Arábia Saudita, acusando o movimento radical Hezbollah e o seu aliado iraniano de “controlo” sobre o Líbano e afirmando recear ser assassinado.

O líder do movimento xiita Hezbollah, Hassan Nasrallah, acusou hoje a Arábia Saudita de impor a demissão inesperada de Hariri e lamentou esta decisão.

Também o Irão desmentiu qualquer ingerência nos assuntos internos do Líbano.

Outras Notícias