Colapso parcial de prédio na Rússia faz “mortos e feridos”

Lisboa /
09 Nov 2017 / 15:20 H.

Um edifício de nove pisos colapsou parcialmente na cidade russa de Izhevsk, fazendo “mortos e feridos”, anunciaram as autoridades locais.

“As circunstâncias do acidente estão a ser estudadas. Há mortos e feridos”, disse a procuradoria daquela cidade de 650 mil habitantes, situada cerca de mil quilómetros a leste de Moscovo.

O ministério local das situações de emergência precisou, em comunicado citado pela France-Presse, que “o imóvel colapsou parcialmente cerca das 16:41 locais (12:41 em Lisboa).

A mesma fonte indicou que “duas pessoas saíram dos escombros”.

Teme-se que 32 apartamentos tenham ficado destruídos.

As autoridades russas já anunciaram a abertura de um inquérito, tendo uma responsável da comissão de inquérito, Vera Filippova, indicado que a investigação admite ter-se tratado da explosão de uma botija de gás.

Incidentes desse tipo são comuns na Rússia, onde o gás de botija é frequentemente utilizado para cozinhar, escreve a Associated Press.

As imagens de televisão mostram a fachada esventrada do edifício, um prédio típico do período soviético, construído em painéis de betão.

A última explosão grave registada, em fevereiro de 2016, matou sete pessoas em Iaroslavl, perto de Moscovo.

Outras Notícias