Sete internamentos e duas mortes por gripe A na Madeira

Em três semanas foram referenciados 100 casos suspeitos de gripe A nas urgências

23 Jan 2018 / 16:05 H.

Na actual época gripal, a Madeira registou sete internamentos por gripe A. Destes cinco já tiveram alta e dois permanecem internados nos cuidados intensivos. Existiram, ainda, duas pessoas, não vacinadas, que morreram.

No balanção, realizado hoje, pelo IASAÚDE, Herberto Jesus quis vincar que a actividade gripa é baixa para a época e que tudo está a ser feito para que assim continue, mas é algo que depende da vinda ou não do frio.

No que depende das autoridades de saúde, existe um plano de contingência e articulação com as entidades nacionais do sector.

O IASAÚDE apela a que as pessoas temem as precauções habituais e se tiverem gripe e forem doente crónicos, devem procurar os serviços de saúde. Se não o forem e os sintomas não forem severos, não será necessário. Mas se forem acentuados, durante mais de três dias, também devem recorrer ao Serviço de Saúde.

Da terceira semana de Dezembro à primeira de Janeiro, foram referenciados no Serviço de Urgência 100 casos de gripe. Dos casos diagnosticados, 31 foram já submetidos a análises laboratoriais tendo 15 dado resultado positivo e integraram a Vigilância Epidemiológica Nacional.

Tópicos

Outras Notícias