Porto Moniz perde ‘Ciência Viva’

19 Mai 2017 / 22:36 H.

O Porto Moniz deixou de ter um Centro com a marca ‘Ciência Viva’. O município viu ser-lhe retirada a credenciação para funcionar como tal, como resultado de uma avaliação aos últimos 10 anos do espaço, assumida pela entidade proprietária da marca ‘Ciência Viva’.

Esta é uma das notícias que merece destaque na edição impressa do DIÁRIO, hoje, mas há mais, como o facto da Câmara Municipal do Funchal manter o embargo às obras na Ponte Nova e querer uma comissão composta por técnico do GR e da CMF a trabalhar uma solução consensual.

Relevantes foram também as ideias extraídas do Dia do Empresário, iniciativa da ACIF, durante a qual o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, anunciou que a Comissão Europeia já transferiu os 3,5 milhões de euros do Fundo de Emergência e Solidariedade relativos aos incêndios de Agosto de 2016 e admitiu que é preciso rever o modelo da mobilidade.

Saiba ainda que o GR anuncia um novo pacote de benefícios fiscais para as empresas.

Na ordem do dia está igualmente a preocupação manifestada pelo Bispo, D. António Carrilho, alertando para os problemas sociais das comunidades emigrantes.

Hoje é o dia que o Marítimo pode carimbar a Europa. O DIÁRIO aponta o caminho: equipa de Daniel Ramos tem de pontuar em Paços de Ferreira (16h) para confirmar o 6.º lugar. Se o Rio Ave não vencer o regresso às competições europeias dispensa contas.

Tópicos