Habitação, Saúde e Idosos nas propostas do PCP para o Orçamento Rectificativo

13 Jun 2018 / 17:08 H.

Da reunião com o vice-Presidente, para apresentação da proposta do orçamento rectificativo para 2018, sobressaiu um conjunto de propostas que, segundo o PCP, embora aparentem ser “benéficas para a população da Região Autónoma da Madeira, para já não passam de intenções”.

Não obstante, num comunicado dirigido à imprensa, os comunistas enumeram algumas propostas suas no âmbito da rectificação orçamental ainda para este ano, tais como: a criação de um Plano especial para a habitação na Região para a aquisição de terrenos e realização de projectos e programas de apoio à aquisição de habitação por parte de jovens casais; a contratação de mais médicos de família, além da criação da figura do “enfermeiro de família” na Região; a criação e construção de uma rede públicos de lares de idosos, sobretudo de proximidade, a par de mais investimento no apoio domiciliário a pessoas da terceira idade.

Estas, entre outras medidas, serão propostas pelo PCP em sede de discussão do orçamento rectificativo, que ocorrerá no próximo mês de Julho.

Outras Notícias