Consolidação definitiva da escarpa sobranceira à Levada dos Moinhos começa em Setembro

23 Ago 2018 / 16:59 H.

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) anunciou hoje que dará início à consolidação definitiva da escarpa sobranceira à Levada dos Moinhos e à Rua 5 de Outubro, junto à Ribeira de Santa Luzia, no próximo mês de Setembro . O investimento ascende a 606 mil euros.

A intervenção de limpeza e estabilização é uma de seis que a autarquia vai levar a cabo, com cofinanciamento comunitário global de 8,7 milhões de euros, por via do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), abrangendo as escarpas afectadas no concelho do Funchal pelos incêndios de 2016.

O vice-presidente Miguel Silva Gouveia, que tem a tutela das Obras Públicas no Município, sublinha “a preponderância destas seis intervenções, depois do trabalho essencial de pré-consolidação assegurado pela Autarquia logo no rescaldo dos incêndios, vindo estas reestabelecer definitivamente as condições de segurança para a população, quer em termos humanos, como materiais”.

“Associado à estabilização destes taludes está, igualmente, a inerente conservação ambiental e o maior sentimento de segurança partilhado pela nossa comunidade”, acrescenta.

O autarca enalteceu ainda “a resposta do Município aos incêndios que assolaram o concelho, dentro daquelas que foram as áreas de acção definidas, bem como em termos de prevenção”, realçando “os esforços mobilizados para a elaboração das candidaturas a fundos comunitários e o rigor dos projectos submetidos pelos serviços municipais”.

A intervenção de robustecimento deste talude tem um prazo estimado de 300 dias a contar da sua data de consignação, prevista para o início de Setembro.

Os trabalhos vão incluir a limpeza, saneamento e reforço da escarpa tendo em conta os fenómenos de erosão externos, atenuando o seu recuo no tempo e aumentando garantias de segurança, considerando ainda a sua preservação estética e o seu elevado valor cientifico patrimonial.

Outras Notícias