Conservatório tem 1.250 alunos

19 Set 2018 / 20:05 H.

O Conservatório - Escola Profissional das Artes Eng.º Luiz Peter Clode (CEPAM) conta actualmente com 1.250 alunos, um número que, segundo o director, Carlos Gonçalves, poderá crescer até à primeira semana de Janeiro de 2019.

As declarações foram prestadas esta tarde, à margem da cerimónia de abertura do ano lectivo, onde também marcou presença o secretário Regional de Educação, Jorge Carvalho.

O governante salientou a oferta que o CEPAM representa para o modelo educativo regional, sublinhando que esta formação artística disponibilizada nas diferentes vertentes (música, teatro, dança), está também dispersa pela ilha, já que existem extensões do Conservatório em 10 concelhos da Região. Jorge Carvalho acrescentou que trabalham no CEPAM 120 professores num ensino, no que diz respeito aos instrumentos musicais, que “é praticamente individualizado”.

O secretário regional falou ainda da importância da educação artística na formação global e integral do indivíduo. O CEPAM tem ainda a vantagem de oferecer o ensino articulado com oito escolas da Madeira (nas escolas é ensinada a parte curricular e no Conservatório, a vertente artística.

Carlos Gonçalves disse ainda que no último ano, o ensino profissional no CEPAM cresceu 30% e que há agora o dobro das turmas do 1º e 2º grau no ensino articulado (de 8 para 16).

O director do CEPAM disse ainda que existe uma lista de espera enorme para 4 instrumentos: piano, violino, guitarra e percussão. Em outros instrumentos como flauta e trompete que são importantes para as filarmónicas e onde já existiu lista de espera no passado, a situação foi resolvida com o reforço ao nível dos docentes

Tópicos

Outras Notícias