Câmara de Machico diz que acompanha a situação da família que vive em barraca de zinco

A denúncia deste caso de pobreza partiu da deputada do PTP, Raquel Coelho

14 Jun 2018 / 10:26 H.

A Câmara Municipal de Machico esclarece hoje, através de comunicado, uma denúncia feita pela deputada Raquel Coelho, do PTP, sobre a situação de extrema precariedade em que vive um agregado familiar, no concelho de Machico.

Segundo a autarquia este caso tem sido acompanhado “desde sempre” do ponto de vista social, sendo inclusive “intermediária no processo de realojamento desta família, no passado, pela Investimentos Habitacionais da Madeira, no Bairro da Bemposta”. Contudo, “por motivos que nos são alheios, e por questões pessoais dos mesmos, alguns membros daquele agregado familiar, não terão aceitado a solução criada pelas entidades”, revela a Câmara de Machico que tem feito “todos os esforços” para auxiliar estes munícipes “para que lhes fosse atribuída uma nova habitação”.

Recorde-se que Raquel Coelho denunciou, na passada segunda-feira, 11 de Junho, uma situação de pobreza extrema em Machico junto a uma barraca feita de tábuas e zinco, com cerca de dois metros quadrados, sem luz eléctrica nem água potável, que serve de ‘habitação’ a uma família de três pessoas, todos eles desempregados. Acusou a Câmara de Municipal de Machico de ter gasto largos milhares de euros no Mercado Quinhentista, enquanto subsistem no concelho inúmeras bolsas de pobreza. Acusação que a autarquia “desmente de forma categórica”, e lamenta o “aproveitamento político desta situação”, estando a aguardar uma audiência com a presidente da IHM, solicitada desde o início deste ano.

Outras Notícias
  • 1
    $tempAlt.replaceAll('"','').trim()