130 atletas inscritos no ‘Km Vertical do Fanal’

29 Ago 2018 / 20:28 H.

Decorreu hoje, no Salão Nobre do Município do Porto Moniz, uma conferência de imprensa, que contou com as presenças do executivo camarário daquele concelho, do director regional de Serviços de Apoio à Actividade Desportiva e ainda do vice-presidente do Clube de Montanha do Funchal, para a apresentação da 6.ª edição do ‘Km Vertical do Fanal’.

Este evento desportivo, que terá lugar no dia 9 de Setembro, no concelho do Porto Moniz, “terá início no caminho real, a 78m de altitude, e terá uma extensão de cerca de 4km, tendo o seu término no Fanal, com uma altitude de 1078m”, começou por adiantar Sérgio Perdigão.

Esta prova, que conta já com a inscrição de vários atletas, do panorama nacional e internacional, é pontuável para o campeonato Nacional da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal e ainda para o circuito Skyrunner National Series (Andorra, Espanha e Portugal). A organização prevê um total de cerca de 130 atletas inscritos na prova.

O director regional de Serviços de Apoio à Actividade Desportiva começou por felicitar o Clube de Montanha do Funchal por, mais uma vez, realizar um evento desta dimensão, promovendo o desporto, não apenas no panorama regional, mas também nacional. Juan Gonçalves enalteceu os dividendos culturais, sociais e económicos que advêm de iniciativas deste calibre. Continuou relembrando o apoio do Governo Regional às várias entidades, nas mais variadas modalidades desportivas, sempre com o intuito de contribuir para o crescimento e desenvolvimento do desporto na região. Terminou fazendo referência ao principal motivo para estes incentivos: Uma região com uma população mais activa e, por consequência, mais saudável.

Emanuel Câmara, presidente da Câmara Municipal do Porto Moniz, que é o principal patrocinador do evento, começou por realçar que, “sendo o Porto Moniz o concelho com a maior mancha de Laurissilva da Região, estão reunidas as condições ideais para a realização de mais um evento de renome na capital do desporto outdoor da Madeira, o Porto Moniz”. Refutando as críticas, na fase inicial do seu período de governação, à forte aposta do seu executivo nas mais variadas modalidades e iniciativas desportivas, refere que, “estes apoios não podem ser encarados como custos mas sim como investimentos, uma vez que, acções como estas, dinamizam não apenas a economia local, mas promovem também o Porto Moniz, toda a costa norte, a região, e ainda o país, uma vez que este é um evento com visibilidade internacional.”

O edil do Porto Moniz terminou a conferência de imprensa lembrando a capacidade de organização do Município em eventos de renome, e, reconhecendo a importância das parcerias na área do desporto, lamentou, contudo, a miopia de alguns governantes que desprezam parcerias em tantas outras áreas que serviriam sempre um bem maior: A afirmação dos concelhos e da região nas mais variadas vertentes do panorama nacional e internacional.

Outras Notícias