Sonae Sierra garante poupança de 25 ME com aposta em gestão sustentável

22 Abr 2019 / 14:47 H.

A Sonae Sierra, empresa gestora de centros comerciais, poupou, em 2018, 25 milhões de euros através da implementação de medidas de eficiência de gestão de energia, água e resíduos.

Em comunicado, a empresa liderada por Fernando Guedes de Oliveira realça que, em 2018, melhorou a ecoeficiência dos seus centros comerciais na maioria dos indicadores-chave e cumpriu 86% dos seus objetivos de sustentabilidade.

A título de exemplo, a Sonae Sierra refere que conseguiu reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em 9,1%, o consumo de eletricidade em 2,8% e a percentagem de reciclagem de resíduos cresceu 3%.

No mesmo comunicado, a Sonae Sierra -- que fechou 2018 com lucros de 110 milhões de euros --, explica que a aposta nestas medidas, nos últimos 16 anos, se refletiu na redução dos custos operacionais do anterior exercício.

Face a anos anteriores, a empresa sublinha que melhorou em 21% a eficiência na utilização de água desde 2003, e garantiu uma melhoria em 49% da eficiência no consumo de eletricidade desde 2002.

A taxa de reciclagem aumentou 248% desde 2002 e o volume de resíduos enviados para aterro diminuiu 69%, desde 2007.

A Sonae Sierra diz que foi também conseguida uma diminuição das emissões de gases de efeito de estufa em 81% desde 2005.

A severidade dos acidentes de trabalho e doenças profissionais decresceu 86% desde 2005.

Outras Notícias