Morreu antigo presidente da Galp Energia Manuel Ferreira de Oliveira

Engenheiro, professor universitário e gestor, dirigiu ainda a Petrogal e a Unicer. Faleceu aos 70 anos

Porto /
05 Out 2019 / 19:43 H.

O antigo presidente da Galp Energia Manuel Ferreira de Oliveira morreu hoje, aos 70 anos, e o seu corpo vai estar em câmara ardente na igreja do Cristo Rei, Porto, anunciou a Universidade do Porto.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da instituição adiantou que “a informação foi dada por familiares à universidade”, desconhecendo-se, para já, a causa da morte.

Nascido em 21 de dezembro de 1948, Manuel Ferreira de Oliveira era licenciado em engenharia eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), o antigo professor catedrático da FEUP tinha o grau de ‘master of science’ em energia pela Universidade de Manchester e era doutorado nesta área pela mesma instituição.

De acordo com informação disponível na página da universidade, Manuel Ferreira de Oliveira era membro do Conselho de Curadores da Universidade do Porto deste 2015.

Segundo a instituição, o antigo presidente da Galp foi responsável pela modernização da área de energia elétrica da FEUP, onde deu aulas entre 1979 e 1982, “tendo lançado as bases de uma equipa de investigação de reputação nacional e internacional e revelado, em tempos difíceis, grande determinação e capacidade de liderança”.

Entre 1995 e 2000, Manuel Ferreira de Oliveira foi presidente do Conselho de Administração e do Conselho Executivo da Petrogal, de 2000 e 2006 assumiu as funções de presidente do Conselho de Administração e do presidente executivo da Unicer (Super Bock Group).

Entre 2006 e 2015 exerceu funções no grupo Galp Energia como administrador executivo e COO (2006) e, posteriormente, como presidente executivo e vice-presidente do Conselho de Administração (de 2007 a 2015).

De acordo com a FEUP, o corpo vai estar em câmara ardente na igreja de Cristo Rei, Porto.

Currículo que se estende à Venezuela

Breve súmula do currículo publicado no site da Universidade do Porto, divulgado em 2010, por isso relativamente desactualizado.

“Manuel Ferreira de Oliveira nasceu a 21 de Dezembro de 1948.

Cursou Engenharia Eletrotécnica na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (1971) e obteve os graus de Master of Science e de Doutor em Engenharia na Universidade de Manchester. Recebeu formação na área de Gestão no IMD, em Lausanne, Suíça, e na Harvard e na Wharton Business Schools, nos Estados Unidos da América.

Foi docente e investigador da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (1971-1980), tendo assumido progressivamente as funções e de Monitor, Assistente, Professor Auxiliar, Professor Agregado e Professor Catedrático (1979).

Entre 1980 e 1995 viveu e trabalhou na Venezuela e no Reino Unido, países onde desempenhou variados cargos na indústria petrolífera internacional, ao serviço de PDV – Petróleos de Venezuela, S.A. e da BP – The British Petroleum Company, Plc., tendo ocupado, entre outras funções, as de Diretor de Planeamento Corporativo da Lagoven, S.A. (Caracas), de Administrador da Nynas Petroleum (Estocolmo), da Rhur Oel (Dusseldorf) e da PDv Services (Haia) e de Administrador e CEO da BP Bitor, S.A. e da Bitor Energy, Plc. (Londres).

Após 1995 foi Presidente do Conselho de Administração e Presidente Executivo da Petrogal (1995-2000), Presidente do Conselho de Administração e Presidente Executivo da Unicer – bebidas de Portugal, SGPS, S.A. (2000/2006) e Administrador Executivo da Galp Energia (2006), empresa de que é Presidente da Comissão Executiva (CEO) desde Janeiro de 2007.

Na Universidade do Porto, é Presidente do Conselho Consultivo da EGP (University of Oporto Businesse School), integra, desde 2009, o conjunto de seis personalidades da sociedade civil que compõem o primeiro Conselho Geral da Universidade do Porto, juntamente com Ana Maria Braga da Cruz, Ângelo Ramalho, Beatriz Pacheco Pereira, Luís Portela e Manuel Paiva. É, ainda, membro dos conselhos consultivos da Faculdade de Economia e do Departamento de Engenharia Electrotécnica da FEUP.

Ferreira de Oliveira é presentemente membro da Comissão Executiva da Delegação do Porto da Universidade Católica, do Conselho Diretivo do BCSD – Portugal, do Conselho Geral da AEP, Vice-presidente do Fórum para a Competitividade e da Federação Europeia dos Produtores de Cerveja (BOE / EBC) e Grão-Mestre da Confraria da Cerveja.

Recebeu a distinção da Ordem Francisco de Miranda conferida pelo Presidente da República da Venezuela, em 1995, e a Grã-Cruz da Ordem de Mérito, atribuída pela Presidência da República Portuguesa, em 2005.

É casado e tem dois filhos.”