Secretário da Agricultura e Pescas contraria críticas à execução dos fundos comunitários, veja o vídeo

Declarações de Humberto Vasconcelos na abertura da Encontro de Desenvolvimento Local Base Comunitária - LEADER (PRODERAM)

21 Mai 2019 / 16:40 H.

O secretário regional da Agricultura e Pescas e o gestor do PRODERAM aproveitaram o Encontro Nacional de Desenvolvimento Local Base Comunitária - LEADER (PRODERAM) para contrariar críticas sobre o fraco aproveitamento dos fundos comunitários que tem sido alvo.

Humberto Vasconcelos garante que os fundos disponíveis não só estão a ser bem aplicados como o envelope financeiro será esgotado pelo interesse que os empresários madeirenses têm vindo a efectuar através da apresentação de candidaturas.

“Essas afirmações só demonstram a falta de conhecimento da realidade. Na medida Leader estamos com quase 20% de execução enquanto que a nível nacional estão a 10% e estamos com quase 50% de compromisso, ou seja muito superior, cerca de 30%, quando comparado com o território nacional”, disse à entrada da Escola Agrícola da Madeira antes de presidir a cerimónia que contou com diversas figuras vindas do continente.

Números que segundo Humberto Vasconcelos atestam o andamento dos processos que dão entrada para poderem beneficiar de verbas comunitárias que são “fundamentais para o mundo rural” aplaudindo o esforço que a ACAPORAMA e a ADRAMA têm realizado para poder contemplar os mais diversos projectos que permite igualmente a “criação de emprego, a recuperação de património”, designadamente várias beneficiações em igrejas sublinhou.

Outras Notícias