SESARAM recebe cerca de 900 estagiários por ano

04 Dez 2019 / 17:36 H.

O Serviço de Saúde da RAM recebe cerca de 900 estagiários por ano nas várias áreas clínicas e não clínicas, oriundos de várias zonas do país e da Europa, revela uma nota do Gabinete do SESARAM dirigida hoje à imprensa.

Tratam-se de futuros médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos, nutricionistas, técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, entre outros, que escolhem esta instituição de Saúde para aprofundar os seus conhecimentos e experiências.

“A procura do Serviço de Saúde da RAM para a realização de estágios é o reconhecimento pela qualidade do trabalho desenvolvido, tendo em conta os padrões regionais, nacionais e internacionais”, realça a mesmo nota.

O mesmo documento dá conta que no SESARAM a área mais procurada pelos estagiários tem sido a de enfermagem, prosseguindo a área médica.

Na área de enfermagem, o Serviço de Saúde tem recebido estagiários de Cuidados Gerais e das seguintes especialidades: Saúde Mental e Psiquiátrica, Médico-cirúrgica, Reabilitação, Cuidados Continuados e Paliativos, Saúde Infantil e Pediatria, Saúde Materna e Obstetrícia, Saúde Comunitária, entre outras.

Da área médica, no SESARAM são treze os Serviços com capacidade formativa total. A saber: Medicina Interna, Medicina Intensiva, Nefrologia, Cirurgia geral, Pediatria, Gastrenterologia, Ginecologia/Obstetricia, Medicina Física e Reabilitação, Otorrinolaringologia, Cardiologia, Endocrinologia, Medicina Geral e Familiar, Patologia Clínica e Otorrinolaringologia.

A estes, somam-se ainda os catorze Serviços/Unidades do SESARAM com capacidade formativa parcial, designadamente: Anestesiologia, Cirurgia Vascular, Cirurgia Cardíaca, Cirurgia Torácica, Cirurgia Pediátrica, Neurologia, Neurorradiologia, Neurocirurgia, Pneumologia, Reumatologia, Urologia, Hematologia, Oncologia Médica e Imunoalergologia.

Fábio Nunes, um futuro anestesista estudante da Faculdade de Medicina de São José de Rio Preto, Brasil, de onde é natural, é um destes exemplos que escolheu realizar o seu estágio (de um mês) na Madeira.

A escolha do Serviço de Saúde da RAM surgiu na sequência da sua participação num curso de ATC, realizado no Brasil, onde teve a oportunidade de conhecer um dos prelectores do curso, o médico anestesista do SESARAM, Luís Vale.

“Foi assim que fiquei a conhecer um pouco sobre a Ilha da Madeira e sobre o Hospital do Funchal... Como pretendia aprofundar os conhecimentos na anestesia Cardio-Torácica, principalmente, da parte cardiológica, senti que a Madeira seria o local ideal para a realização desta prática. Já tinha interesse em conhecer um pouco das particularidades da anestesia feita a nível europeu e, tal como já foi possível comprovar, a Madeira é um pouco daquilo que é feito na Europa”, testemunho o estudante, destacando ainda o “dinamismo”, “competência” e “hospitalidade” da equipa de Saúde anfitriã.

O Serviço de Saúde Regional reforça que “a formação é uma aposta do SESARAM” e que “os Serviços estão dotados de condições e ambiente de trabalho com dimensão e massa crítica, garantindo o treino intensivo, a partilha de experiências e de saberes com os vários profissionais da instituição”.

Outras Notícias