‘Saúde ao Domicílio’: Calheta e ADBRAVA sem lista de espera

Programa Saúde ao Domicílio é um caso de sucesso, realçaram Carlos Teles e Nivalda Gonçalves

20 Ago 2019 / 13:38 H.

“Neste momento não temos lista de espera”. Esta foi a resposta ao DIÁRIO do presidente da Câmara Municipal da Calheta ao balanço à parceria que o município estabeleceu com a Associação de Desenvolvimento da Ribeira Brava (ADBRAVA) no âmbito do projecto ‘Saúde ao Domicílio’ destinado a utentes com reduzida mobilidade. Carlos Teles e Nivalda Gonçalves sublinharam a concertação de esforços o que permite segundo estes uma taxa de sucesso elevada garantindo uma resposta aos beneficiários “praticamente imediata”.

Declarações e números deixados esta manhã no Salão Nobre dos Paços do concelho onde também estiveram o ainda vice-presidente da edilidade, Nuno Maciel, e Carlos Bettencourt, vice-presidente da ADRAMA, outro parceiro neste programa que disponibilizou 80% do financiamento de um total de “150 mil euros” gastos em equipamentos para três concelhos (Calheta, Ponta do Sol e Ribeira Brava).

A propósito o autarca social-democrata destacou que já foram entregues “50 camas articuladas, 50 colchões, seis cadeiras de banho e de rodas e sete andarilhos”, num universo de 75 utentes.

Outras Notícias