PSD acusa Emanuel Câmara ser “incapaz de inaugurar um caminho”

Social-democratas continuam atacar os socialistas em matéria de acessibilidades

11 Jan 2019 / 12:30 H.

Os social-democratas da concelhia do Porto Moniz dizem não compreender a política dos socialistas na localidade em matéria de acessibilidades. Nélio Rodrigues acusa o executivo de Emanuel Câmara de “inércia” e de “desleixo” justamente por considerar que não promove à manutenção de caminhos municipais. O exemplo mais flagrante que o dirigente encontra é o “fecho da Estrada da Rocha”, algum tempo depois de ser reaberta e depois da realização de uma “despesa superior a 70 mil euros”.

A edilidade efectuou uma intervenção desde a Ribeira do Inferno até à vila do Porto Moniz visando a circulação nesta emblemática estrada. Este acesso foi dado como transitável em Agosto de 2018. Ora, o social-democrata lembra que “foi o próprio edil que chamou a comunicação social a estar presente junto a este troço rodoviário, no entanto pouco tempo depois continua tudo igual”.

Um assunto que não termina nesta via. “Temos ainda a Estrada do Valgão que não está nas melhores condições. Os automobilistas queixam-se e esta Câmara nada faz, aliás é bom que se diga que a autarquia ainda foi incapaz de inaugurar um caminho que seja desde que é maioria no município”, observa em jeito de crítica.

Outras Notícias