Núcleo de Emigrantes do PSD repudia “xenofobia” expressa pelo PS no Parlamento Regional

04 Dez 2019 / 17:53 H.

Numa nota dirigida à imprensa, o Núcleo de Emigrantes do PSD/M expressou “o seu mais profundo repúdio aos comentários xenófobos realizados, hoje, no Parlamento Regional, por parte do deputado do Partido Socialista Beto Mendes, durante a intervenção do Deputado luso-descendente, natural da Venezuela, Carlos Fernandes”.

Os social-democratas consideram “vergonhosa e manifestamente xenófoba” a atitude de Beto Mendes que interrompeu o deputado Carlos Fernandes para sentenciar “não sabes falar nem ler português!”.

Tal constitui, para o PSD, “uma ofensa inqualificável à realidade histórica migratória do povo madeirense e em especial aos milhares de pessoas que, tal como o deputado Carlos Fernandes, têm regressado nos últimos anos à Madeira, influenciando positivamente o desenvolvimento e a dinâmica social da nossa Região e que, sem dúvida, representam uma mais valia, em todos os âmbitos”.

O Núcleo de Emigrantes do PSD/M condena, igualmente, a “postura conivente” do Grupo Parlamentar do PS- Madeira perante as declarações do deputado Beto Mendes.

Na mesma nota o Núcleo de Emigrantes do PSD/M reforça a “postura respeitosa da diversidade e promotora da inclusão e do trato digno dos nossos emigrantes, sem esquecer o apreço pelos princípios básicos da democracia, da pluralidade democrática e do respeito pelos órgãos de governo próprio, fundamentais para a manutenção da liberdade e do justo desenvolvimento social, valores pelos quais o povo madeirense sempre lutou para obter e manter”.

Outras Notícias