Madeira ganha operação de transbordo de 1.500 turistas devido a poeira nas Canárias

23 Fev 2020 / 21:21 H.

A companhia alemã Aida vai realizar amanhã, no porto do Funchal, uma inesperada operação de transbordo (’turnaround’) de 1.500 passageiros do navio ‘AIDAnova’, segundo revelou esta noite a RTP-Madeira. Esta operação deveria ter acontecido nas Canárias mas foi cancelada devido à poeira do Saara que afecta aquelas ilhas espanholas e transferida para a Madeira.

Na sequência desta alteração, já hoje vão chegar à Madeira aviões provenientes da Alemanha com passageiros que amanhã vão embarcar no ‘AIDAnova’. Estes turistas vão pernoitar em hotéis do Funchal. Por sua vez, algumas centenas de passageiros vão desembarcar segunda-feira no porto do Funchal e seguem para os seus países de origem em voos que partem do Aeroporto da Madeira.

Conforme recordou a RTP, em Dezembro passado aconteceu uma situação semelhante mas em sentido inverso. Uma operação de transbordo de passageiros do paquete ‘Mein Schiff Herz’ foi cancelada devido a más condições meteorológicas no Aeroporto da Madeira e transferida para as Canárias.