Madeira alia-se a movimento internacional em defesa da água

Espectáculo Global Water Dancers realiza-se hoje a Norte, nas Piscinas da Ponta Delgada

15 Jun 2019 / 12:02 H.

A Madeira associa-se hoje ao projecto Global Water Dancers, que promove uma maior consciência dos problemas ligados à água em todo o mundo, um evento de carácter internacional que se vai realizar simultaneamente em mais de 170 lugares espalhados pelo plnaneta. Na Região São Vicente associou-se ao apelo, com o espectáculo de música e dança ‘Global Water Dancers’ a acontecer às 16horas, no Complexo Balnear da Ponta Delgada.

O projecto abraçado pela Associação Cultural A.Canga é mais abrangente. Começou no passado dia 12 com uma palestra no Centro de Promoção Cultural de São Vicente, com Ana Nóbrega, directora do Museu da Baleia da Madeira, dedicada ao tema ‘Mar: dos baleeiros aos biólogos’. Hoje o programa continua com a abertura às 15h30 da exposição ‘Acabar com o lixo no mar!’. Às 16 horas, como referido, tem início do espectáculo ‘Global Water Dancers’, na Madeira a contar com música dos PanCAOTuques e com a interpretação de dança de utentes dos centros de actividades ocupacionais de São Vicente e do Porto Moniz. O trabalho de coreografia e coordenação é de Margarida Menezes. As actividades terminam com uma aula de hidro-dança às 16h45.

Na Madeira a utilização do plástico é um dos problemas a combater, até porque muito dele acaba no mar, com prejuízo para o ambiente e em particular para as espécies marinhas. Por isso ao cartaz da Global Water Dances foi associada a mensagem para a a redução da sua utilização sob a o slogan ‘Há lixo no mar... há que mudar. Se quer contribuir para este movimento cada vez mais forte, saiba que o faz se reutilizar os sacos de compras, se usar a sua própria garrafa de água, de disser não às palhinhas e talheres de plástico, se recusar os produtos embalados individualmente e se escolher produtos feitos de materiais reciclados.

Outras Notícias