Joaquim José Sousa reuniu-se com Ireneu Barreto

20 Mar 2019 / 19:46 H.

A Delegação Regional da Madeira do Partido Aliança, composta pelo seu coordenador regional, Joaquim José Sousa, pelo seu vice-presidente, Nelson Costa Ferreira, e ainda pela directora geral-adjunta, Paula Cristina Oliveira, deslocou-se na manhã desta quarta-feira ao Palácio de São Lourenço, onde foram recebidos pelo representante da República, Ireneu Barreto, a fim de apresentarem cumprimentos. Segundo o coordenador regional, a Aliança pretende “viabilizar soluções de Governo”, como “uma força construtiva, trabalhando pela positiva” e “em defesa das pessoas e das suas necessidades”.

De acordo com as palavras de Joaquim José Sousa tem existido “muito ruído a propósito de algumas matérias da actualidade, ao nível da governação, o que denota ausência de soluções para os problemas que enfrentamos”.

“Sem murros na mesa nem ruído desnecessário” a Aliança “pretende um pacto de regime sobre a saúde, sobre o emprego e sobre a mobilidade”, sem esquecer “a recente crise relativamente ao Centro Internacional de Negócios e os problemas que afectam a inserção dos imigrantes na sociedade regional” que “foram tema de preocupação levados ao representante da República”.

Joaquim José Sousa referiu ainda que o próximo quadro comunitário “não pode ser como o anterior”, isto é “um conjunto de oportunidades perdidas”. O coordenador regional da Aliança terminou afirmando que o partido, na Madeira, “traz para a política pessoas comprometidas com os valores da família, da comunidade, de Portugal”, acreditando que “juntos podemos restaurar a esperança de deixarmos de ver partir ano após ano os nossos jovens”, até porque, como diz, “nenhum de nós gostaria de ver a Madeira transformada num Lar de Idosos”.

Outras Notícias