Intervenção concluída na escarpa São Vicente

14 Jun 2019 / 14:47 H.

Está praticamente concluída a intervenção que a Câmara Municipal de São Vicente juntamente com o Governo Regional realizaram na frente-mar ao proceder ao desmonte de rochas mais instáveis situadas na escarpa sobranceira à vila. Um processo que demorou dois dias, conforme disse o vice-presidente do município. Fernando Góis afirmou que foram tomadas as devidas precauções sobretudo ao nível de interdição do trânsito automóvel e circulação de peões.

Esta “acção concertada”, segundo o autarca, tem por base um “relatório do LREC – Laboratório Regional de Engenharia Civil – que apontava para a necessidade de uma operação de remoção de inertes no talude” sob pena de existir um despreendimento e perigar automobilistas e transeuntes, daí que a opção foi recorrer a uma intervenção dos rocheiros do Governo Regional.