Henrique Afonso chegou às Canárias depois de viagem “turbulenta”

Velejador madeirense demorou sensivelmente dois dias para ligar Madeira e Canárias. Até 2022, por altura do seu regresso à Madeira, o DIÁRIO vai acompanhar toda a viagem do ‘pirata’

17 Jan 2019 / 19:43 H.

Depois de percorrer aproximadamente 280 milhas, Henrique Afonso ancorou no porto de Dársena Pesquera (Puerto Chico), em Santa Cruz de Tenerife, nas ilhas Canárias, passava pouco mais das 19 horas desta quinta-feira.

“A viagem foi turbulenta, com muitos problemas no leme, pouco vento... mas bom... estou finalmente atracado e super contente. Em breve vou retirar o barco de água para reparar o leme”, descreveu o madeirense que iniciou há dois dias a sua volta ao Mundo a bordo do veleiro ‘Sofia do Mar’, tendo partido do Cais 8 do Porto do Funchal no dia 15 de Janeiro (terça-feira), pelas 17h45.

De resto, nesta primeira travessia o madeirense enfrentou condições atmosféricas adversas, no caminho até Canárias, com muita chuva no percurso, tendo ainda ficado privado do piloto automático da embarcação. Os problemas foram ultrapassados com muita mestria e perseverança, sendo que Henrique Afonso planeia agora ficar naquela ilha por duas semanas, rumando depois a Cabo Verde.

Pode acompanhar a navegação do velejador clicando aqui ou seguindo a sua página de Facebook.