Governo Regional investiu mais de 78 milhões em Santa Cruz

11 Jan 2019 / 20:53 H.

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, marcou presença na cerimónia de abertura da ‘34.ª Feira Etnográfica O nosso concelho’, inserido nas Festas de Santo Amaro 2019, que arrancaram, esta sexta-feira, em Santa Cruz.

Na ocasião o governante aproveitou para realçar que o Governo Regional trata todos os concelhos da Região de forma igual e referiu que no último quadro de reprogramação financeira de fundos comunitários foi realizado um investimento superior a 78 milhões de euros só no Concelho de Santa Cruz.

“Nós não sentimos concelho nenhum de forma diferente para com os outros. São 11 filhos que o Governo Regional tem (...) e tentamos tratar todos estes 11 concelhos de igual forma e também com igual responsabilidade em tudo aquilo que nós fazemos”, afirmou Pedro Calado.

O discurso do vice-presidente do Governo Regional fica ainda marcado pelas críticas a Lisboa. “Temos um aeroporto que é a nossa principal porta de entrada e só podemos entrar e sair da Madeira ou por via aérea ou por via marítima (...) Temos de saber olhar par as dificuldades que nós sentimos enquanto insulares e não continentais com aquilo também com que nos deparam. Temos tido muitas guerras com o continente sobretudo por não estarmos a ser respeitados da forma como deveríamos”, sublinhou Pedro Calado.

No que toca à mobilidade, Calado deixou ainda uma ‘farpa’ à TAP. “Hoje está cá um administrador da TAP que teve o descaramento de vir dizer à Madeira que há passagens a 20, 30 e 40 euros. Eu não sei onde é que ele compra essas passagens, mas de certeza que os madeirenses não o fazem pelo mesmo preço”, atirou.

Outras Notícias