Governo e câmaras da Madeira fazem metade das ‘compras’ por ajuste directo

14 Jan 2019 / 07:00 H.

Metade dos contratos públicos assinados em 2018 foram adjudicados por ajuste directo. Os ajustes directos correspondem a um valor global de 65 milhões de euros, cerca de 21% dos 311 milhões contratualizados no ano pelo Governo Regional, câmaras municipais e entidades públicas da Madeira. A notícia de balanço às aquisições de bens e serviços faz a manchete da edição desta segunda-feira do DIÁRIO.

A foto em maior destaque está relacionada com a instalação de mais 11 postos de carregamento para veículos eléctricos pela Câmara do Funchal, que obteve financiamento para este investimento. Actualmente há 12 postos de carregamento em toda a Região.

A atribuição pelo Governo Regional de 2.500 bolsas de estudo a universitários, a derrota do Nacional na Choupana frente ao Belenenses (0-1, os insultos e tentativas de agressão aos elementos do Madeira Andebol SAD na Marinha Grande e o caso de uma turista agredida e roubada na Camacha são outros assuntos com chamada à primeira página-

Outras Notícias