“Estão reunidas as condições” para introdução de manuais digitais na Madeira, diz Jorge Carvalho

20 Mai 2019 / 13:34 H.

Chega ao final mais uma sessão das Novas Conferências do Casino, desta vez sob o tema ‘Inovação e Educação - Manuais Digitais’. O secretário regional da Educação fechou as palestras com um discurso que tocou em vários pontos, mas sem deixar duvidas: “Estamos numa profissão onde as actualizações irão acompanhar toda a carreira”, sublinhou o também professor. Para o governante “uma coisa é a introdução dos ‘tablets’ nas escolas e outra é desmaterializar os conteúdos. O ‘tablet’ é essencial para que isso possa acontecer”.

O secretário regional sublinhou que no próximo ano lectivo algumas turmas de 5.º ano da Região já estarão a utilizar manuais escolares digitais. Disse o governante: “Estamos a falar de alunos que são nativos digitais. Os alunos do projecto que queremos implementar no próximo ano nasceram, grosso modo, em 2009”. O que também significa que “na década de 30, irão integrar o mercado de trabalho onde a tecnologia estará presente”.

Jorge Carvalho explicou que há duas condições para que a Secretaria Regional de Educação esteja preparada: “Identificação do corpo docente para iniciar este projecto” e “uma componente mais física, em função do número de escolas que decidirem iniciar este projecto, para podermos dar resposta”. Recorde-se que os estabelecimentos de ensino têm até 31 de Maio para comunicar à SRE se e quantas turmas e alunos, querem utilizar manuais escolares digitais no próximo ano.

Jorge Carvalho sublinhou que “a envolvência dos encarregados de educação também é fundamental”.

No geral, e “provavelmente tendo de enfrentar alguma dificuldade”, “entendemos que estão reunidas um conjunto de decisões que são facilitadoras” para fazer uma mudança gradual na educação regional.

Outras Notícias