CDU pede alargamento do Caminho do Jamboto em Santo António

19 Jan 2019 / 19:11 H.

Na iniciativa realizada esta tarde pela CDU, na freguesia de Santo António, concelho do Funchal, a porta-voz da iniciativa Herlanda Amado, falou sobre o “tão prometido alargamento” do Caminho do Jamboto, recordando promessas que não foram cumpridas nas Zonas Altas da capital madeirense ao longo dos últimos anos.

“As populações das Zonas Altas do Funchal sempre foram confrontadas com muitas dificuldades, desde a falta de acessos, falta de saneamento básico ou falta de transportes públicos. Durante esta tarde de sábado nos vários contactos desenvolvidos juntos das populações no concelho, continuámos a ser confrontados com um conjunto de reivindicações, algumas delas muito antigas, e que os vários executivos camarários, foram sempre adiando a sua resolução”, atirou a comunista, exemplificando com os casos da freguesia de Santo António, que “são muitos” e onde podemos constatar “várias promessas” que “foram sendo feitas ao longo dos anos, mas que nunca se concretizaram”.

“Exemplo disso é o Caminho do Jamboto, o tão prometido alargamento vem sendo arrastado no tempo, mas a sua concretização nunca avançou até hoje. É preciso continuar a levar as reivindicações junto das entidades competentes, seja do Governo Regional ou da Câmara Municipal, no sentido de os mesmos cumprirem as promessas feitas ao longo dos anos. A jornada de trabalho que realizamos hoje tem como objectivo para além de denunciar as falsas promessas e fazer o levantamento dos vários problemas que afectam quem vive nestas zonas, também mobilizar as populações para a reivindicação dos seus legítimos direitos. As promessas têm que sair do papel e passar para a concretização do terreno”, concluiu Herlanda Amado.

Outras Notícias