Bernardo Trindade abordou hoje em Penafiel o projecto Portugal IN

15 Dez 2018 / 16:47 H.

Bernardo Trindade, presidente da Comissão Executiva do Portugal IN, participou hoje, em Penafiel, no III Encontro de Investidores da Diáspora, tendo abordado o tema ‘Pensar Local - Regiões e Territórios’.

O Portugal IN é uma estrutura temporária criada pelo Governo Português que depende directamente do Primeiro-Ministro, António Costa, para promover a atracção de investimento de empresas sedeadas no Reino Unido ou em países fora da União Europeia (UE) e que pretendam permanecer na Europa após a saída do Reino Unido.

Portugal tem tido um crescente investimento directo com o Reino Unido, sendo este o maior emissor de turistas estrangeiros em Portugal. Em termos de importações e exportações, o relacionamento entre as duas regiões tem gerado cerca de 8 mil milhões de euros.

Segundo Bernardo Trindade, o Portugal IN promove características nacionais e europeias como factores competitivos para a atracção de IDE (Investimento Directo Estrangeiro), identifica oportunidades e estabelece contactos com empresas que queiram permanecer na UE, acompanha projectos em articulação com as várias áreas governamentais e os organismos da AP, constrói soluções integradas de investimento apelativas para o investidor estrangeiro, num modelo ‘one stop shop’ e propõe ao governo iniciativas legislativas ou procedimentos para ultrapassar constrangimentos nos processos de IDE.

O Projecto ‘Portugal IN Regions’ aborda a falta de identificação e visibilidade dos factores de competitividade das 7 regiões nacionais (NUTS II) como Polos de atracção de IDE. Baseia-se na construção de uma plataforma ‘one stop shop’ com informação integrada destinada ao investidor estrangeiro, com enfoque na atractividade regional. A ideia é integrar a plataforma no futuro portal da AICEP.

A Madeira é uma das sete NUTS II e apresenta 2% do PIB Nacional (4,4 mil milhões de euros), 3% da população activa e 0,3% de estrangeiros residentes. Para além do Turismo, principal sector de actividade, aposta ainda em dois sectores importantes como a agricultura e a economia do mar

O Portugal In Regions pretende assinar protocolos com cada uma das sete Regiões Nacionais para parcerias no projecto, tendo já assinado com as Regiões dos Açores e da Madeira.

Outras Notícias