Albuquerque visitou centro de saúde, escola e bombeiros no Porto Santo

06 Mar 2019 / 19:21 H.

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, fez esta quarta-feira uma visita ao Porto Santo, a fim de conhecer algumas obras de relevo ali efectuadas, como também para entregar um equipamento muito importante para os Bombeiros Voluntários da Ilha Dourada.

Centro de Hemodiálise do Centro de Saúde do Porto Santo remodelado

O centro de saúde local passa a ter novas instalações no sector da hemodiálise e Miguel Albuquerque salientou a propósito deste investimento que “este sector foi totalmente renovado com equipamentos de ponta” passando agora a ter “oito postos”, quando antes “tinha só seis”.

“Tem agora óptimas condições de funcionamento, mas também no que concerne ao seu espaço, prestando quer aos doentes do Porto Santo, quer a quem visita o Porto Santo, um serviço de excelência, num investimento de 354 mil euros”.

O centro de hemodiálise passar ter uma ligação clinica, ou seja, através videovigilância clinica o médico pode acompanhar o paciente. Isto quer dizer que mesmo não estando presente, o especialista pode tratar dos doentes, que mesmo assim são sempre acompanhados por cinco enfermeiros.

A primeira fase das obras da escola secundária está concluída

Miguel Albuquerque visitou também as obras da Escola Básica e Secundária Professor Freitas Branco. A primeira fase está concluída, num investimento de 5,8 milhões de euros. Miguel Albuquerque disse que “esta escola está praticamente nova, com óptimos espaços funcionais, com uma nova zona desportiva e um novo polidesportivo construído, o pavilhão coberto também já esta concluído, tal como as zonas três e cinco para as aulas.

O presidente do Governo regional espera que a “novo” estabelecimento escolar esteja concluído “no mês de Julho, mas metade do espaço já está renovado e está numa escola magnífica”.

Novo compressor e 16 novos elementos nos BVPS

Por fim o chefe do executivo madeirense visitou os bombeiros voluntários locais e entregou um importante compressor, pois “antigamente todas as garrafas de ar comprimido tinham que ir ao Funchal, e agora “com este compressor o assunto está resolvido e dá autonomia e capacidade de resposta aos Bombeiros Voluntários do Porto Santo”.

Miguel Albuquerque frisou que o Governo Regional tem realizado um “acompanhamento” dos bombeiros, “quer ao nível de atribuição de equipamentos, de viaturas e de combate aos sinistros, quer também no recrutamento de novos dezasseis elementos para o corpo dos BVPS, que é significativo e importante”.

Outras Notícias